Carolina Torres

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Indiemo.jpg Let's see any iranian film?

Este é um artigo INDIE!

Qualquer alusão à The Libertines não é mera coincidência.

Undersk.jpg
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Ruiva na piscina.jpg


Carolina Torres
Carolina-Torres-1.png
O que não tem de comissão da frente, Carolina compensa atrás
Nascimento 8 de Janeiro de 1989
Bandeira de Portugal Portugal
Ocupação Apresentadora de televisão e pseudocantora

Carolina Torres é uma apresentadora de televisão portuguesa, que, em 2013, se tornou o rabo mais famoso de Portugal.

Há quem a considere uma cantora, como os idiotas da Wikipedia, mas aqui na Desciclopédia achamos que é um exagero considerar alguém como "cantora" apenas por ter participado nos Ídolos. Quanto muito, pseudo.

Infância[editar]

O ângulo mais famoso de Carolina Torres.

Nasceu em Matosinhos, no Porto, filha de mãe solteira. Mudaram-se para a Maia, onde passou a sua infância. Dizia ela que costumava cantar com a mãe, a imitar tudo o que ouvia na televisão e na rádio. Mas todos sabem que estas estórias ficam sempre bem quando se fala de alguém que queria ser cantora, já a Luciana Abreu disse o mesmo.

Ainda enquanto Pita participou no Mini Chuva de Estrelas, mas perdeu. Todos os anos participava em vários programas de cantoria e perdia sempre ou nem era seleccionada. Devia ter percebido a dica, mas nunca desistiu.

Na sua adolescência estudou na Escola Soares dos Reis, no Porto, onde entrou em contato com todo o gênero de Indies e bichas que lhe deram os seus tiques meio hipsters, e fez as suas primeiras tatuagens. Lá desistiu da música durante uns tempos e foi para a faculdade estudar Ciências da Comunicação (o curso para quem não entra em Jornalismo) em Trás-os-Montes.

Carreira[editar]

Cquote1.png Gatinha assanhada, cê tá querendo o quê? Cquote2.png
Gusttavo Lima

Em 2009, chega a sua grande oportunidade! Finalmente é seleccionada na 3ºedição dos Ídolos, um programa tão mau e tão deprimente, onde aparecia todo o gênero de gente estranha que achava que sabia cantar, pelo que não foi difícil para Carolina passar à segunda fase. Conseguiu a proeza de acabar em 6º lugar no programa, onde ficou conhecida pela sua escolha de músicas Indie e Emo, como The Cure, Muse e Talking Heads, resquícios da sua passagem pela Soares dos Reis, sem dúvida.

Carolina gosta de dar nas vistas.

Mas, mesmo tendo perdido os Ídolos, Carolina deu nas vistas porque era gostosa e logo recebeu um convite para ir ser apresentadora na SIC Radical, no programa Curto Circuito, onde se estreou em 2010. Em 2013, fez a cobertura diária do MEO Sudoeste, o festival dos putos betos portugueses por excelência.

Também em 2013 participa na 2ºedição do programa da SIC, Splash! Celebridades, mais um concurso estúpido da televisão nacional que envolvia celebridades (é mais subcelebridades) a nadar e a fazer acrobacias aquáticas, onde participou José Castelo Branco a dar numa de bicha aquática. Carolina deu muito nas vistas durante este programa, porque foi quando os portugueses descobriram que ela era uma popozuda, e tornou-se mais uma fonte de inspiração para a comunidade punheteira portuguesa, tendo sido eleita o “rabo mais falado do ano”. Mas Carolina não perdeu tempo para continuar a ser falada e publicou uma foto do seu famoso rabo no seu Facebook (fotografia aqui disponibilizada na Desciclopedia porque nos preocupamos muito com os sem-vida que leem estas porras), para que o falatório continuasse. Há teorias que esta técnica de marketing foi ensinada a Carolina por José Castelo Branco, cuja uma das máximas é: falem bem ou falem mal, o que interessa é que falem! Desde então que pareceu que criou um contrato vitalício com a SIC, pois tem apresentado quase todos os programas da SIC Radical e afiliados.

Afiliados[editar]