Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

56 406 artigos · 197 276 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Rifeiros se preparando para o ataque.

Rifa é um dos principais objetos vistos ao lado de pobres, junto de sacolas de supermercado cheias de lixo e camisetas de politicos com mais de 10 anos de uso. Historicamente a rifa surgiu na época de Cristo, quando Judas O rifou no parlamento romano. Desde então, as igrejas adoram rifar a alma de seus fiéis para o céu e o inferno. Após a Grande Rifa, seguem-se diversas ocasiões parecidas ao decorrer da história, Efialtes rifou os 300 de Espartaaaaaa e Xerxes ganhou 300 homens malhados, FHC rifou o Brasil e por aí vai. Após se tocarem que o prêmio da rifa de amanhã poderia ser um deles, os rifeiros decidiram começar a rifar coisas inúteis como cortadores de nhoque profissionais, pipas para dias de chuva, perfumes de promoção da Avon, Rolex falsificados, Juicer Philips Walita, George Foreman Grill e as famosas cestas de café da manhã! Os rifeiros se alimentam de seu dinheiro. Seu dinheiro e sua alma. Se você deixar, comem até a marmita da sua irmã que trabalha como mestre-de-obras. Eles são praticamente uma mistura de advogados e pastores da Igreja Universal do Reino de Deus. E não adianta, você sentado, tranqüilo em casa, sua sala de aula, na faculdade ou escola ou até mesmo no trabalho! Lá vem ela: a terrível vendedora de rifa... Sim! Não tem pra onde correr, ela já te viu... Ah, claro! Ela sabe que hoje é o dia do seu pagamento: Cquote1.png OiÊeee!!! Compra uma rifa de cesta de café da manhã do dia dos namorados? Só 30 reais! Baratinho, nééé? Cquote2.png

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter Share on Google+



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: