Rita Pereira

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Melhor.gif PERIGO: ESTE ARTIGO É SOBRE UMA FALSA GOSTOSA!

Rita Pereira usa e abusa de Photoshop, maquiagem e propaganda, faz lipo
com frequência, pode ter silicone nas tetas e botox na cara.

Mesmo assim, você ainda acha que ela é gostosa!

Rita Pereira
Rita-pereira6.jpg
Para compensar a falta de beleza facial, Rita Pereira opta por exibir outros dotes
Nascimento 13 de Março de 1982
Bandeira de Portugal Portugal
Ocupação Modelatriz
Olhos castanhos
Cabelo morena

Cquote1.png Como ela é estrábica, nunca soube se ela estava a olhar para outros homens. Cquote2.png
Angélico Vieira sobre Rita Pereira
Cquote1.png Kem exkreveuh ixuh eh um invejusuh! A Ritah eh windahh!!! Cquote2.png
Pita sobre Rita Pereira
Cquote1.png Você é linda, dama! Cquote2.png
Negão sobre Rita Pereira
Cquote1.png Não é feitiçaria, é tecnologia. Cquote2.png
Banda Uó sobre Rita Pereira
Cquote1.png Rita Pereira é a prova de que você não é feio, é pobre. Cquote2.png
Cientista sobre Rita Pereira

Rita Pereira é uma Modelatriz portuguesa que tem a mania de ser "exótica" e se achar a "Beyoncé portuguesa". Também é muito afamada em território nacional por ser uma falsa gostosa e sofrer de estrabismo.

Rumo ao estrelato[editar]

A beleza natural de Rita Pereira.

Nascida em Carcavelos, a zona pobre do Cascais, Rita Pereira sempre sonhou com uma vida de fama e pertencer ao Jet7 português, o quak se via obrigada a observar de longe. Como toda pita pobre e deslumbrada, desde cedo começou a trabalhar como modelo, mas havia um problema: só poderia ser fotografada de corpo inteiro, pois o seu olhar desconcertante jamais permitiria a um fotógrafo aproximar-se em demasia de seu rosto. Começou por fazer propaganda para marcas de roupa de "pronto-a-vestir", como a SMF e a STAMP.

Aos 16 anos, teve de se fazer à vida e foi trabalhar numa pizzaria, onde passava os dias com a mão na massa. Os seus trocados ganhos na pizzaria eram utilizados para comprar drogas continuar a pagar a sua carreira de modelo, já que nenhuma agência queria contratá-la por não ser uma modelo versátil (leia-se: não dava para fotografar a cara), contudo, a tecnologia estava do lado sombrio de Rita Pereira: com os avanços da Internet e das engenharias informáticas, surgiu o Photoshop. Novos horizontes se desbravavam para a jovem. Finalmente, Rita, com o auxílio dos mais avançados recursos de modificação de rosto, conseguiu vingar na área da moda.

Rita com problemas na coluna.

Entretanto, seu grande sonho, na verdade, era a dança: queria ser bailarina (WTF...). Esse sonho veio depois de ter visitado as favelas do Brasil, onde entrou em contato com o Funk e o Forró (WTF?!). Também se deixou contagiar pela febre amarela da novela brasileira O Clone e foi comprar mais drogas aprender dança do ventre com o fornecedor da Mel a Giovanna Antonelli. Ainda tentou uma breve carreira de Stripper mas o dono do bar teve de despedi-la por não ver onde caíam as notas que os clientes mandavam.

Carreira[editar]

Rita mostrando que botou silicone na bunda.

Depois de participações fracassadas em algumas novelas, a fama chegou-lhe em 2004 quando participou da segunda edição dos Morangos com Açúcar, no papel de Soraia, a irmã mais velha da protagonista, interpretada por Cláudia Vieira, para seu desgosto. Isso chamou a atenção da comunidade punheteira portuguesa durante a série de verão quando foi nadadora-salvadora e andava a exibir o seu corpão na praia. Desde então, criou um contrato vitalício com a TVI, que a tenta promover a todo custo. Ainda hoje, seus fãs resumem-se a punheteiros jogadores de Tribal Wars, pitas alienadas e gurias retardadas que querem ser como ela. De resto, Portugal inteiro a odeia e está farto dela.

Sem um pingo de talento, Rita Pereira invade a televisão dos portugueses todas as noites, durante anos a fio, só porque a TVI acha que ela dá lucro ao canal. Curiosamente, a SIC, o canal da concorrência, tem aumentado o número de espectadores nos últimos anos. Dentre os seus papéis memoráveis, que são inexistentes, destaca-se o de "estrelinha" na novela Doce Fugitiva, a imitação que a TVI encontrou para a Floribella, da SIC, onde Rita interpreta uma freira que fugiu do convento. Como não esteve nua em nenhum episódio, a comunidade punheteira cagou e andou.

Em 2013, Rita Pereira colocou os alucinados punheteiros desesperados que tem como fãs a ver um programa de dança, o Dança com as Estrelas, onde era uma pilastra do palco concorrente e tinha de fazer coreografias com um bailarino profissional, ainda que suas atuações fossem mais acerca de exibir o seu corpo que dançar realmente. Rita finalmente teve a oportunidade de imitar sua ídola Beyoncé e ficou-se a achar demasiado, afirmando ser a "Beyoncé portuguesa".

Foto inédita de Rita Pereira de quando trabalhava enquanto stripper.

Em 2014, aliena conquista Angola ao interpretar o papel de Luena da Silva na novela, seriado, foda-se da TVI, A Única Mulher. Nesse mesmo ano, fez uma propaganda de moda para a designer portuguesa de vestidos de noiva Micaela Oliveira, em Moçambique, onde exibe vestidos que custam 4000 euros. No meio da pobreza das crianças de Maputo, cada vestido dava para alimentar todas as famílias da cidade. Só porque tem a pele mais escura do que a maioria das outras atrizes portuguesas, Rita Pereira é sempre chamada pela TVI para fazer personagens "exóticas e estrangeiras" e começou a pagar aos pretos de Angola para entrar nos seus videoclips de Kizomba.

Vida pessoal[editar]

Depois de encher os bolsos à custa de alienados fodidos como você, Rita finalmente conseguiu angariar dinheiro para financiar suas plásticas e conseguiu arranjar os olhos, o nariz, os dentes e fazer uma lipoaspiração (pra quê?), para ficar tão seca quanto a Kate Moss, mas como sua mal-plagiada ídola é a Beyoncé, botou silicone na bunda e nos seios. Estima-se que a atriz gaste mais de metade do seu ordenado em maquiagem.

Reza a lenda, que Rita Pereira está amaldiçoada por uma viúva negra demoníaca, pois todos os homens com quem ela namora, morrem misteriosamente, de forma similar ao Hércules. O caso mais flagrante foi o seu namoro com Angélico Vieira, também ator no seriado favorito das pitas portuguesas (Morangos com Açúcar, é claro), e membro da banda mais irritante de todos os tempos, D'ZRT, que faliceu em consequência de um acidente rodoviário porque ia a 300 km/h numa autoestrada. Um de seus passatempos favoritos, inspirado por Luciana Abreu, é trazer à baila detalhes para as revistas cor-de-rosa o seu romance com o pseudo-cantor sempre que está em risco de cair no esquecimento, já que barraco é uma das coisas que os portugueses mais gostam nesse mundo.

Um caso mais antigo é o de Francisco Adam, também pseudo-ator dos Morangos com Açúcar, cujo personagem vivia um romance com a personagem de Rita, pra variar, e que viria a morrer num acidente de viação em 2006, depois de beijar a atriz no seriado. A mais recente vítima da "Maldição da Rita Pereira" foi Rodrigo Menezes, OUTRO ator e pseudo-cantor português, encontrado morto em sua casa em 2014. José Carlos Pereira, que nos últimos tempos se encontrava próximo da atriz, percebeu a dica e bazou.

Seiyaputo.jpg Este artigo trata de uma personalidade mortalmente,
putaqueparivelmente e filhadaputamente odiada!
Dá nojo só de pensar nele(a)

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.